REDEFARMA

Encontre a REDEFARMA mais próxima de você:

Aqui é + Barato!

Informe-se

Como voltar à dieta saudável após os excessos na alimentação

Exagerou na ceia de Natal? Acordou com dor de cabeça, sensação de estufamento ou azia? Você, provavelmente, não está sozinha. Quando seguimos uma dieta equilibrada e, de repente, consumimos em excesso comidas gordurosas, doces e bebidas alcoólicas, nosso organismo entende que está sendo agredido – daí o mal-estar. De acordo com a nutricionista Jéssica Rondoni Silva, de Campinas, isso acontece porque substâncias tóxicas, que não são naturais, se acumulam no corpo e precisam ser eliminadas.

A boa notícia é que é possível compensar os excessos e se sentir melhor logo no dia seguinte à ceia. “O organismo é programado para se recuperar após esses abusos. É o que chamamos de destoxificação, uma limpeza natural, que acontece o tempo todo, independentemente da nossa vontade. Mas o consumo de certos alimentos acelera e potencializa esse processo”, explica a profissional.

Claro que essa recuperação depende da quantidade dos excessos e do estilo de vida que cada um leva. “Se o indivíduo sempre consumiu muita gordura saturada, bebida alcoólica, e nunca se preocupou em incluir na dieta fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes, com certeza a destoxificação será prejudicada”. Quanto mais saudável a pessoa for, mais rápida e natural é a recuperação. Para se sentir melhor, o primeiro passo é investir na hidratação. “A recomendação geral de ingestão de água feita pela OMS (Organização Mundial da Saúde) é de 2 litros de água por dia. E é água pura! Não entra nessa conta sucos, frutas ricas em água, como a melancia e o melão, refrigerante e outras bebidas, ok?! Calculamos que o indivíduo deve ingerir em torno de 35 a 40 ml por quilo de peso por dia. Ou seja, um indivíduo que pesa 70 quilos deve ingerir em torno de 2,45 litros de água por dia”, diz Jéssica.

Alimentos leves (com pouca gordura), verduras, legumes, frutas e hortaliças orgânicas são altamente recomendados. “Também inclua no cardápio as oleaginosas, como nozes, castanhas, avelã e pistache, que são ótimas fontes de gorduras insaturadas, ricas em selênio (mineral antioxidante que combate aos radicais livres), e auxiliam no controle das taxas de colesterol”, sugere. Evite comer carnes gordurosas, como carne de porco, cupim, picanha, costela, durante o período de recuperação, pois o organismo já estará sobrecarregado. “Fuja ao máximo do consumo de embutidos multiprocessados, de bebidas alcoólicas e doces calóricos”.

Os chás e sucos detox estão liberados. Os sucos verdes, por exemplo, auxiliam no funcionamento dos rins e do fígado, aumentando a eliminação de toxinas. “Eles têm os mesmos benefícios de uma alimentação rica em antioxidantes: agem como diurético combatendo a retenção de líquidos, estimulam o sistema imunológico e melhoram o funcionamento do intestino, já que possuem muitas fibras. A dica é não coá-los. Além disso, hidratam o organismo, estimulam a memória, regulam a pressão arterial e ajudam na diminuição do índice glicêmico dos alimentos”, explica Jéssica. Apesar de o foco principal ser a dieta pós-festa, ter uma noite de sono reparador e praticar exercícios físicos moderados também ajuda.

Confira abaixo receitas práticas que contribuem com o processo de recuperação:

Cubo Verde

Você vai precisar de: couve-manteiga (ou substitua por: agrião, folhas ou talo de brócolis);

Modo de Preparo: Lave bem a couve-manteiga, pique, e liquidifique com o mínimo de água possível. Coloque em formas de gelo e congele. No dia seguinte você pode desenformar esses cubos e guardar em sacos plásticos no congelador.

Obs: Você também pode acrescentar hortelã, alecrim ou gengibre.

Suco Verde

Você vai precisar de: 1 folha de couve; ½ abacaxi; 1 pepino; 1 cenoura; 1 cm de gengibre; 200 ml água ou água de coco natural;

Modo de preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador e congele em formas de gelo, ou copos descartáveis. Quando for tomar o suco, bata 4 cubos congelados com o mínimo de água.

Suco Detox de Cenoura com Maçã

Você vai precisar de: 1/2 cenoura; 1 maçã; 1/2 pepino; 2 colheres de sopa de Chia; 1 copo de água de coco; 1 folha de couve Hortelã

Modo de preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador, e congele em formas de gelo, ou copos descartáveis. Quando for tomar o suco, bata 4 cubos congelados com o mínimo de agua

Suco Digestivo

Você vai precisar de: 1 xícara (chá) de abacaxi em cubos; 1 cenoura; 1 xícara (chá) de talos de erva doce; suco de limão e raspas da casca; 

Modo de preparo: Liquidifique todos os ingredientes com um pouco de água filtrada.

Abaixo, a profissional lista dicas para ajudar no preparo dos sucos e cubo verde:

  • NÃO COE O SUCO: senão você perde a fibra, responsável por controlar a absorção de açúcar e dar a sensação de saciedade.
  • EVITE USAR CENTRIFUGAS: elas descartam as fibras e já vimos que isso não é bom.
  • NÃO ADOCE: se estranhar o sabor, adicione frutas como, maçã e banana madura. Caso não seja o suficiente, adoce com uma colher de chá de mel.
  • USE OS ORGÂNICOS: essas frutas e verduras não possuem agrotóxicos, e garantem maior quantidade antioxidantes. 
  • CONGELE: se não conseguir fazer diariamente, conserve o suco em formas de gelo ou copinhos descartáveis no freezer.
  • TENHA SEMPRE CUBOS VERDES CONGELADOS: em vez de usar gelo, adicione o suco verde em cubos a outras receitas de suco. Não se preocupe: eles não vão alterar muito o sabor.

Fonte: https://abril.com.br

Voltar