REDEFARMA

Encontre a REDEFARMA mais próxima de você:

Aqui é + Barato!

Informe-se

Que tal combater a obesidade infantil com exercícios físicos?

A obesidade infantil é um desafio para a saúde pública no século 21, sendo um problema global que afeta especialmente as áreas urbanas. Segundo dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009, do IBGE, em 20 anos, os casos de obesidade aumentaram entre crianças de 5 a 9 anos, chegando a 16,6% (meninos) e 11,8% (meninas). A taxa também é alta entre jovens de 10 a 19 anos, com aumento de 20%.

Os pesquisadores indicam que a causa está relacionada com as mudanças de hábitos no padrão alimentar, redução da prática de atividades físicas. Atualmente, as distrações dos jovens estão relacionadas com jogos digitais e redes sociais. Segundo estudo realizado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil, 80% da população do país entre 9 e 17 anos acessam jogos online e redes sociais, sendo que 66% usam diariamente. Contudo, é importante o incentivo a prática de brincadeiras e atividades ao ar livre. Desta forma se combate, entre outras coisas, a obesidade infantil.



Dicas de exercícios para movimentar as crianças

Confira a seguir dicas simples de atividades físicas, que podem ser praticadas diariamente, contribuindo na luta contra a obesidade.


  • Caminhada

Incentive e participe de caminhadas com as crianças ou jovens. A simples atividade de caminhar diariamente, num ritmo mais acelerado, queima calorias e combate o sedentarismo. Trocar elevador por escadas é outra dica simples, que faz a diferença.


  • Valorize as atividades ao ar livre

Incentive uma criança, ou um jovem, a interagir com brincadeiras como aquelas preferidas de sua infância. "Pega pega" e "pular corda", além de saudáveis são divertidos. 


  • Prática de esportes

Na hora de escolher o esporte para uma criança, não se limite aos seus próprios gostos pessoais, mas permita que ela escolha a partir dos seus interesses. O objetivo disso é estimular a prática de atividades físicas. Há várias opções interessantes como danças, capoeira, natação, vôlei, futebol, judô, tênis, handebol, basquete, entre outras.


*Atenção: O corpo de uma criança está em crescimento constante, portanto toda a prática esportiva deve ser indicada por um médico ou profissional do esporte.



Fonte: blogdasaude.com.br / fortissima.com.br / correiobraziliense.com.br

Voltar